Bento XVI visita a Biblioteca Vaticana após reabertura

Por Setor Imprensa - Redação | publicado em | Santa Sé

A Biblioteca Vaticana, completamente reformada e reestruturada, tanto nos seus espaços físicos quanto no seu aparato tecnológico, recebeu, no sábado, dia 18, a visita do papa Bento XVI. Durante uma hora, o papa caminhou pelas dependências da biblioteca, visitando todas as suas salas e conhecendo todos os novos instrumentos de pesquisa postos à disposição dos estudiosos de todo o mundo.

A Biblioteca Vaticana vem sendo alimentada por importantes obras desde a metade do século XIII, as quais gerações de papas vêm recolhendo e catalogando de maneira sistemática, formando um acervo importante da era moderna. Bento XVI, por ocasião da reinauguração da Biblioteca, referiu-se a ela como “um lugar eminente da memória histórica da Igreja”, e “um meio precioso” que ajuda o desenvolvimento do ministério pontifício.

Na oração que abriu a visita, o papa rezou para que Deus abençoe a Biblioteca e a todos que a frequentarem para cultivar as ciências e as artes, e para que todos os “honestos pesquisadores da verdade sejam guiados pela sabedoria do Verbo, sendo, por este, iluminados para a construção de um mundo melhor”.

Bento XVI passou por todas as salas da Biblioteca, examinou obras do tempo de Gutenberg, inventor da prensa móvel, que deu início às grandes obras impressas e possibilitou a revolução da imprensa.

Encerrando a visita, o Santo Padre dirigiu palavras de agradecimento aos responsáveis pela biblioteca: “Caros amigos, gostaria de agradecê-los pelo seu trabalho. Na minha mensagem para a Biblioteca, já falei sobre a grande importância desse local. Portanto, concluo a minha benção e desejo um feliz natal a todos”, disse.

Fonte: CNBB


Pesquisa



Veja Também

Videos