• Padre Jamil Cury Sawaya

    Administrador Paroquial durante Munere da Paróquia da Imaculada (Campinas)

    O Pe. Jamil Cury Sawaya nasceu em São Paulo, SP, no dia 06 de dezembro de 1946, filho de Jamil Pedro Sawaya e Leonor Cury Sawaya.Fez o ensino fundamental e médio no Seminário da Imaculada de Campinas. É formado em Filosofia e Pedagogia e em Teologia pela Faculdade Nossa Senhora da Assunção, SP.Casou-se no dia 05 de janeiro de 1973 com Elizabeth Franzini Sawaya e tem três filhos: André Luís, Cristiane e Daniele.Profissionalmente, ocupou vários cargos em diversos Colégios Católicos de Campinas, como Direção e Coordenação Pedagógica. Na PUC-Campinas foi Vice-diretor do Instituto de Filosofia, onde se firmou pela primeira vez o contrato entre a PUC e os formadores responsáveis pelas Congregações e Dioceses - ISFIC. Ocupou por duas gestões o cargo de Diretor da Faculdade de Educação, onde implantou o Curso de Mestrado em Educação. Foi Pró-Reitor de Graduação.Na Arquidiocese de Campinas participou desde os fins dos anos 60 da Comissão Arquidiocesana de Liturgia, Música e Artes Sacras - CALMAS; participou de todas as Assembleias Diocesanas e da Revisão Ampla; foi Coordenador da Comissão Arquidiocesana de Liturgia. Assessora pedagogicamente a Escola de Formação Teológico-pastoral Imaculada Conceição e é Coordenador de Pastoral do Colégio Notre Dame de Campinas.Foi ordenado Diácono Permanente da Arquidiocese de Campinas no dia 27 de maio de 2007, pelas mãos de Dom Bruno Gamberini, e nomeado para exercer o ministério diaconal na Catedral Metropolitana. Sempre é motivo de grande júbilo, para qualquer diocese ou congregação do mundo, a Ordenação de um novo presbítero. No dia 24 de setembro, às 09h00, na Catedral Nossa Senhora da Conceição, pelas mãos de Dom Airton José dos Santos, Arcebispo Metropolitano, a Arquidiocese de Campinas celebrou a Ordenação Presbiteral do Diác. Jamil Cury Sawaya. Esta ordenação se revestiu de uma expectativa e alegria especial, pois foi o primeiro Diácono Permanente a ser Ordenado Presbítero na Arquidiocese de Campinas.A Igreja ordena homens casados para o primeiro grau do Sacramento da Ordem, que é o Diaconato. Esses homens, entretanto, só podem ser ordenados presbíteros caso fiquem viúvos e façam um pedido formal ao Bispo local, que poderá ou não aceitar essa solicitação.O dia 18 de março de 2015 foi de profunda dor e tristeza para o Diác. Jamil e seus três filhos, André Luís, Cristiane e Daniele. Na tarde desse dia, no Hospital Vera Cruz, em Campinas, faleceu a sra. Elizabeth Franzini Sawaya, esposa e mãe, querida por toda a Igreja de Campinas, pela sua atuação como agente de pastoral ao longo de tantos anos. No início de 2016, depois de um período de intensa oração pessoal e de aconselhamento com os filhos e amigos, o Diác. Jamil dirigiu a Dom Airton o seu pedido para que pudesse ser ordenado presbítero. Como é de praxe, Dom Airton consultou o Conselho de Presbíteros e aceitou o pedido do Diác. Jamil para que ele continue a sua Missão de servir a Deus, sua Igreja e seu povo, agora como Padre.Após a ordenação, o Pe. Jamil foi nomeado Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Catedral.No dia 04 de outubro de 2018, foi nomeado pelo Administrador Diocesano de Campinas, Mons. José Eduardo Meschiatti, como Administrador durante munere da Paróquia da Imaculada, em Campinas. 
  • Informações

Veja mais em Padres Diocesanos