Padre José Alexandre Missio

Padre José Alexandre Missio
Pároco da Paróquia São João XXIII, Campinas


Data de Nascimento: 08/04/1973
Ordenação Diaconal: 24/06/2010
Ordenação Presbiteral: 19/11/2010
alexandremissio@yahoo.com.br

O Padre José Alexandre Míssio nasceu em Campinas, no dia 08 de abril de 1973, filho de José Primo de Jesus Míssio e Neusa Odete Pitão Míssio. Possui mais dois irmãos: José Roberto e Fabiani. Participam da Paróquia São João Batista de Campinas onde recebeu os sacramentos do Batismo, Eucaristia e Confirmação. A família Míssio é descendente de italianos que imigraram para o Brasil até o início dos anos 1900. Em 1925, junto com outras famílias de imigrantes, os Míssio fundaram a Capela do Sagrado Coração de Jesus, que anos mais tarde se tornaria a então Paróquia São João Batista.

Estudou na Escola Estadual Luiz Gonzaga da Costa, onde cursou a primeira série do ensino fundamental. Depois, a família mudou-se para a Fazenda Sete Quedas, da Organização Bradesco, porém sempre teve como referência a paróquia de origem. Transferiu-se para a Fundação Bradesco onde completou o ensino fundamental e posteriormente o ensino médio como Técnico em Administração de Empresas. Foi nesse período, com dezesseis anos de idade, que começou sua experiência profissional na empresa Digilab S.A. Cursou, também, Administração de Empresas nas Faculdades Unopec de Sumaré.

Após o término do ensino médio mudou-se novamente para a região da Paróquia São João Batista onde passou a envolver-se ativamente para a implantação e formação de um grupo de jovens, a trabalhar com as equipes de liturgia, no conselho econômico e participou assiduamente do Grupo de Oração, chegando a ser representante forâneo dos movimentos no conselho da Forania Bom Pastor.

Trabalhou doze anos numa indústria química da região, onde começou no setor de produção. Quando deixou o emprego para ingressar no seminário propedêutico, atingira a posição de gerente de recursos humanos.

Foi no ano de 2001, quando o administrador paroquial era o saudoso Padre Mansur Rodrigues Mansur, também promotor vocacional, que teve a motivação e a segurança do acompanhamento vocacional, ingressando para o seminário propedêutico em agosto de 2002.

Cursou Filosofia na Pontifícia Universidade Católica de Campinas de 2003 a 2005. Nesse período serviu como seminarista na Paróquia Imaculada, do bairro São Bernardo, e também nas comunidades da Paróquia Santa Cruz, do Jardim Nova Europa.

Ao término dos estudos de Filosofia, em 2005, recebeu a indicação e o convite de Dom Bruno Gamberini e da Comissão de Seminários da Arquidiocese de Campinas para ser enviado aos Estados Unidos da América com a missão de estudar Teologia junto aos monges Beneditinos da Arquiabadia de Saint Vincent.

Assim, em janeiro de 2006 partiu para a cidade de Pittsburgh, no estado da Pennsylvania, onde estudou inglês na escola de idiomas ELS na Point Park University. Concluiu o curso em cinco meses e em julho foi aprovado no exame de proeficiência TOEFL que o capacitava para os estudos acadêmicos numa universidade estado unidense. Então, em agosto de 2006 iniciou o curso Teologia no Seminário Saint Vincent, na cidade de Latrobe, também na Pennsylvania,curso que concluiu em maio de 2010.

Durante sua estadia e vivência com a comunidade monástica e seminário de Saint Vincent, pôde também enriquecer seus conhecimentos de monástica, liturgia e pastoral. O seminário de Saint Vincent recebe seminaristas de mais de vinte e cinco dioceses dos Estados Unidos, China, África, Caribe e da Arquidiocese de Campinas, no Brasil. Mais de quinze mosteiros Beneditinos e de outras congregações nos Estados Unidos e no mundo também enviam seus monges para formação acadêmica em Saint Vincent. Essa variedade de nacionalidades nas vocações como latinos dos mais diversos países, eslovácos, italianos, chineses, britânicos, africanos e vietinamitas, entre tantos outros, permite aos seminaristas uma experiência de integração pessoal e cultural única, além de trazer para a vivência do seminário e da formação acadêmica uma noção bastante clara e próxima do que é a realidade e as diferenças da presença da Igreja nas diversas partes do mundo.

No ano de 2007 executou trabalhos pastorais e atividades na casa de repouso “Green Meadow Living Facility”, em Latrobe. Em 2008 trabalhou no Hospital Regional de Latrobe, aprimorando seus conhecimentos na área de capelania e acompanhamento dos enfermos e suas famílias. No período de 2009 a 2010 serviu nos trabalhos pastorais na Paróquia São Bruno, da diocese de Greensburg, na formação e iniciação cristã para adultos.

Foi ordenado Diácono no dia 24 de junho de 2010, na Matriz São João Batista, em Campinas, onde exerceu o seu ministério diaconal.

No dia 19 de novembro de 2010 foi ordenado Presbítero da Arquidiocese de Campinas, pelo Gesto Sacramental de Imposição das Mãos e Prece de Ordenação com Invocação do Espírito Santo por Dom Bruno Gamberini, Arcebispo Metropolitano, na Matriz Santa Cruz, em Campinas.

Recebeu nomeação como Vigário Paroquial da Paróquia São João Batista, em Campinas, no dia 07 de dezembro de 2010, onde permaneceu até o dia 05 de janeiro de 2011, quando foi nomeado Administrador Paroquial da Paróquia Sagrada Família, em Campinas. Em 2013 foi nomeado Pároco da mesma paróquia.