“Desejo a PUC que ela seja tão grande quanto ela é vocacionada a ser”, afirma Dom João Inácio Muller

Por Barbara Beraquet | publicado em | Arquidiocese

“Desejo a PUC que ela seja tão grande quanto ela é vocacionada a ser”, afirma Dom João Inácio Müller.

Dom João Inácio Muller foi homenageado nesta terça, 20 de agosto, no campus I da Pontifícia Universidade de Campinas ao ser recebido como Grão-Chanceler da mesma, que se refere ao cargo mais importante que a instituição católica pode ter, reforçando assim a relação com a Igreja. Durante a cerimônia, o Arcebispo de Campinas enfatizou aos presentes a importância de ser aquilo que Deus sonhou para cada um, traçando o objetivo da universidade que deve ajudar e oferecer uma formação espiritual e profissional aos alunos.

O pároco da paróquia universitária São Tomás Aquino, Padre João Batista Cesário, ao receber Dom João, exaltou o chamado de Jesus aos doze apóstolos que hoje se faz presente na pessoa do bispo e também nas sucessões apostólicas, já que ele deve ser o testemunho e servo da esperança para o mundo. Padre João ainda afirmou que a PUC realiza a presença da Igreja no mundo da cultura e do conhecimento já que ela nasceu do coração da Igreja “Ex Code Eclessiae”.

Entre os convidados, estavam o reitor, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, o vice-reitor, Prof. Dr. Pe. José Benedito de Almeida David, o Arcebispo Emérito de Campinas, Dom Gilberto Pereira Lopes, e o prefeito de Campinas, Jonas Donizette, além dos pró-reitores, ex-reitores, funcionários, professores, alunos e com a equipe de música do Centro de Cultura e Arte da PUC, que homenageou a naturalidade gaúcha do novo Grão-Chanceler com a música “Céu, Sol, Sul, Terra e Cor”.

O auditório Dom Gilberto contava com pessoas em pé já que prestigiaram o evento 500 pessoa,s que ouviram do prefeito Jonas Donizette ser a primeira vez que ele teve contato com o Arcebispo Metropolitano, este olhou em seus olhos e disse que Campinas já havia roubado seu coração. Jonas afirmou que a cidade de Campinas está aberta para as ações de Dom João, para que ele olhe para os cidadãos com o mesmo olhar fraterno recebido dele no início da cerimônia.

(Por Caroline Neves/Setor Imprensa)

Galeria de fotos (Natália Luperini/Setor Imprensa)


Pesquisa



Veja Também

Videos