Eleitos os presidentes das comissões episcopais pastorais na Assembleia Geral

Por Barbara Beraquet | publicado em | Arquidiocese

Atualizado em 10 de maio

Na quarta-feira, 8 de maio, os bispos presentes na 57ª Assembleia Geral da CNBB, que está sendo realizada em Aparecida (SP), elegeram mais cinco presidentes de Comissões Episcopais Pastorais: dom José Valdeci Santos Mendes, bispo de Brejo (MA), para a Ação Social Transformadora; dom Manoel João Francisco, bispo de Cornélio Procópio (PR), para o Ecumenismo e Diálogo Inter-religioso e dom Edmar Peron, bispo de Paranaguá (PR), para a Liturgia. Dois bispos foram reeleitos: dom José Antonio Peruzzo, arcebispo de Curitiba (PR), na Comissão para a Animação Bíblico-Catequética e dom Pedro Carlos Cipollini, bispo de Santo André (SP), para a Doutrina da Fé.

No dia anterior, três bispos foram eleitos: Dom João Francisco Salm, bispo de Tubarão (SC), dom Giovane Pereira de Melo, bispo de Tocantinópolis (TO), e dom Odelir José Magri, bispo de Chapecó (SC), presidirão de 2019 a 2023, respectivamente, as Comissões para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada;  para o Laicato e para a Ação Missionária e Cooperação Eclesial.

O arcebispo de Montes Claros (MG), dom João Justino de Medeiros, foi reeleito na quinta-feira, 9 de maio, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Cultura e Educação para o quadriênio 2019-2023. Dom Ricardo Hoepers, Bispo de Rio Grande (RS), foi eleito como presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família.  Para a Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação Social, foi eleito dom Joaquim Giovanni Mol Guimarães, bispo auxiliar de Belo Horizonte (MG). Dom Nelson Francelino Ferreira, bispo de Valença (RJ) foi eleito presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Juventude.

Assim se preenchem as presidências das 12 Comissões Episcopais Pastorais.

Além destes nomes, foi eleito no dia 7 de maio, como o novo secretário-geral da Conferência Nacional dos dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Joel Portella Amado, bispo auxiliar do Rio de Janeiro. Já Dom Odilo Pedro Cardeal Scherer representará a CNBB junto ao Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam).

Os dois vice-presidentes são: dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre (RS), e dom Mário Antonio Silva, bispo de Roraima. Na presidência da CNBB, o arcebispo de Belo Horizonte (MG), dom Walmor Oliveira de Azevedo.


Pesquisa



Veja Também

Videos