Evangelho do dia ‣ 01/07/2016

6ª-feira da 13ª Semana Tempo Comum

Não vim para chamar os justos mas os pecadores.

1ª Leitura – Am 8,4-6.9-12

Enviarei fome sobre a terra;
não fome de pão, mas de ouvir a palavra do Senhor.
Leitura daProfecia de Amós 8,4-6.9-12 4 Ouvi isto, vós que maltratais os humildes
e causais a prostração dos pobres da terra;
5 vós que andais dizendo:
‘Quando passará a lua nova,
para vendermos bem a mercadoria?
E o sábado, para darmos pronta saída ao trigo,
para diminuir medidas, aumentar pesos,
e adulterar balanças,
6 dominar os pobres com dinheiro
e os humildes com um par de sandálias,
e para pôr à venda o refugo do trigo?’
9 Acontecerá que naquele dia,
diz o Senhor Deus,
farei que o sol se ponha ao meio-dia
e em pleno dia escureça a terra;
10 mudarei em luto vossas festas
e em pranto todos os vossos cânticos;
farei vestir saco a todas as cinturas
e tornarei calvas todas as cabeças,
o país porá luto, como por um filho único,
e o final desse dia terminará em amargura.
11 Eis que virão dias,
diz o Senhor,
em que enviarei fome sobre a terra;
não fome de pão, nem sede de água,
mas de ouvir a palavra do Senhor’.
12 Os homens vaguearão de um mar a outro mar,
circulando do norte para o oriente,
em busca da palavra do Senhor,
mas não a encontrarão.
Palavra do Senhor.

Salmo – Sl 118, 2. 10. 20. 30. 40. 131 (R.Mt 4,4)

R. O homem não vive somente de pão,
mas de toda palavra da boca de Deus.
2 Feliz o homem que observa seus preceitos, *
e de todo o coração procura a Deus!

10 De todo o coração eu vos procuro, *
não deixeis que eu abandone a vossa lei! R.

20 Minha alma se consome o tempo todo *
em desejar as vossas justas decisões. R.

30 Escolhi seguir a trilha da verdade, *
diante de mim eu coloquei vossos preceitos. R.

40 Como anseio pelos vossos mandamentos! *
Dai-me a vida, ó Senhor, porque sois justo! R.

131 Abro a boca e aspiro largamente, *
pois estou ávido de vossos mandamentos. R.

banqueteEvangelho – Mt 9,9-13

Não vim para chamar os justos mas os pecadores.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 9,9-13
Naquele tempo:
9 Partindo dali, Jesus viu um homem chamado Mateus,
sentado na coletoria de impostos,
e disse-lhe: ‘Segue-me!’
Ele se levantou e seguiu a Jesus.
10 Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus,
vieram muitos cobradores de impostos e pecadores
e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos.
11 Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos
discípulos: ‘Por que vosso mestre come
com os cobradores de impostos e pecadores?’
12 Jesus ouviu a pergunta e respondeu:
‘Aqueles que têm saúde nóo precisam de médico,
mas sim os doentes.
13 Aprendei, pois, o que significa:
`Quero misericórdia e não sacrifício’.
De fato, eu não vim para chamar os justos,
mas os pecadores’.
Palavra da Salvação.

Reflexão – Mt 9, 9-13

Todos nós vivemos afirmando que Jesus é misericordioso, que veio para trazer a salvação para todas as pessoas e coisas do gênero, mas na hora da convivência com as pessoas, parece que não é bem assim, pois somos proibitivos e sabemos sempre evidenciar os erros e os pecados que são cometidos para provocarmos discórdia, separação e exclusão. É muito comum ouvirmos nas comunidades: “Eu acho que Fulano não pode participar de tal coisa porque ele fez isso e aquilo”. Devemos crer que de fato não somos nós quem chamamos para o serviço do Reino, é Jesus quem chama e ele sabe muito melhor que nós quem está chamando e porque ele está chamando. A nós compete criar condições para que todos possam assumir a própria vocação.

Fonte: CNBB