Festas juninas: programação na Arquidiocese

19/05/2017
Barbara

Já começam agora no mês de maio, em algumas Comunidades, as tradicionais quermesses para festejar os santos juninos, Santo Antônio, São João Batista e São Pedro. A Festa Junina é a mais importante e esperada festa popular, depois do Carnaval.

Dizem os historiadores que estas festas surgiram muito antes da era cristã quando, no hemisfério norte, no solstício de verão (quando o acontece o dia mais longo e a noite mais curta), povos da antiguidade organizavam rituais para pedir fartura nas colheitas. Depois, na Europa, essas festas se associaram às comemorações dos santos juninos.

Com a chegada dos portugueses ao Brasil, essa festa foi misturando-se com a cultura dos povos indígenas e, depois, com os afro-brasileiros e demais povos da Europa, adquirindo características próprias pelas regiões do país. Assim, temos a dança da quadrilha, com influência e características francesas; os fogos de artifício são tradicionais na China; a dança das fitas vindas de Portugal e Espanha; as comidas com enorme variedade de alimentos nativos, tradição dos povos indígenas; os sinais chamados caipiras nas vestimentas e danças, próprios da vida rural que predominava no Brasil até recentemente.

A esperança é que consigamos manter, ao menos nas Paróquias e Comunidades, essa rica tradição de celebrar os santos juninos, que remetem o povo urbanizado às alegrias dos festejos rurais.

Clique aqui para acessar a programação de algumas Paróquias da Arquidiocese de Campinas.

(da Redação)