Paróquia Santo Cura D’Ars


Criada em 26 de outubro de 1959
Pároco: Padre Geraldo Corrêa

Vigário Paroquial: Padre Antônio Isao Yamamoto

Rua Waldemar César da Silveira, 105 - Vila Cura D’Ars
13045-510
- Campinas, SP

(19) 3276.2216

curadars@paroquiacuradars.com.br


http://www.paroquiacuradars.com.br/
Terça e quinta-feira, às 19h00
Sábado, às 18h30
Domingo, às 07h00 e às 10h00
Atendimento da Secretaria:
Segunda a sábado, das 13h00 às 18h30

Atendimento do Padre:
Terça e quinta-feira, das 18h00 às 19h00
Quinta-feira, das 14h30 às 17h30

Criada em 26 de outubro de 1959 por decreto de Dom Paulo de Tarso Campos, tendo sido desmembra da Paróquia de Santo Antônio, teve sede provisória a Capela do Seminário Metropolitano da Imaculada. De comunidade rural, organizada em torno da Fazenda Joaquim Inácio, a um crescente processo de urbanização, que recebeu grande impulso após a construção por Dom Paulo do majestoso Seminário Diocesano, a Paróquia está hoje integrada ao dinamismo desta cidade metropolitana.

Nossa história não pode esquecer o trabalho das Irmãs Missionárias de Jesus Crucificado e Irmãs Franciscanas do Coração de Maria, e de vários trabalhadores da messe, desde os padres do Seminário como o Monsenhor Bruno Nardini e o Cônego Geraldo Azevedo que, com desvelo, atendiam o povo da região.

Pe. José Gaspar, o primeiro pároco, foi nomeado a 18 de novembro de 1959, e no pouco tempo em que esteve à frente da Paróquia deixou sua marca de fervor, caridade e solicitude pastoral. Indo a Roma terminar seus estudos foi substituído pelo Pe. Ângelo Pedro Longhi. Ao voltar, não reassumiu a Paróquia, sendo substituído pelo Pe. Haroldo Niero, que a conduziu de junho de 1961 a fevereiro de 1963. Em seguida, vieram os Padres José Arlindo de Nadai, Álvaro Augusto Ambiel, Gastão Roque Ferragut, Benedito Malvestiti e Pedro Piacente. Cada um a seu modo deixou marcas de bons pastores. Em fevereiro de 2000, a Paróquia foi confiada ao Pe. Geraldo Corrêa, atual Pároco. Registre-se ainda a passagem para a Casa do Pai dos Padres Gaspar (1965), Benedito Malvestiti, (2001) e do Cônego Horaldo Niero, em 2007. Em 1999 a Paróquia foi desmembrada, com a criação da Paróquia Santa Luzia (Jd. dos Oliveiras).

São muitos os frutos colhidos em quase 50 anos de evangelização, anunciando o Evangelho do Reino, realizado entre nós por Jesus de Nazaré. Com nossas sete Comunidades, à luz do Espírito, queremos ser cada vez mais uma Igreja de comunhão e missão. Com o salmista, “damos graças ao Senhor, porque eterno é seu amor!”