Comissão das Comunidades Eclesiais de Base – CEBs

Assessores:
* Cônego Cláudio Zaccaria Menegazzi
* Padre Marcelo de Oliveira

Coordenadores:
. Clério Lúcio da Cunha
. Eric Almir Lourençon
. Lizete Aparecida de Souza
. Maria Aparecida Montagnolli
. Maria Lafaete
. Zilda Santesso

Informações:
Telefone: (19) 3519.3058
E-mail: comissao.cebs.campinas@gmail.com

As Comunidades Eclesiais de Base (CEB) são comunidades ligadas principalmente à Igreja Católica que, incentivadas pelo Concílio Vaticano II (1962-1965) e pela Teologia da Libertação,[carece de fontes] se espalharam principalmente nos anos 1970 e 80 no Brasil e na América Latina. Consistem em comunidades reunidas geralmente em função da proximidade territorial e de carências em comum, compostas principalmente por membros insatisfeitos das classes populares e despossuídos, vinculadas a uma igreja, cujo objetivo é a leitura bíblica em articulação com a vida, com a realidade politica e social em que vivem e com as misérias cotidianas com que se deparam na matriz ordinária de suas vidas. Através do método ver-julgar-agir buscam olhar a realidade em que vivem (VER), julgá-la com os olhos da fé (JULGAR) e encontrar caminhos de ação impulsionados por este mesmo juízo à luz da fé (AGIR). A ação encontra respostas variadas segundo as circunstâncias, transcendendo os limites das igrejas. Estas comunidades impulsionaram a criação de clubes de mães, associações de moradores, inserção no movimento operário e no movimento dos sem terra, e outras iniciativas que fortaleceram o movimento social.