Quarta-feira de Cinzas – Início da Quaresma

Por Setor Imprensa - Comunicação publicado em Arquidiocese

Tem início na Quarta-feira de Cinzas, dia 06 de março, o Tempo da Quaresma, período de 40 dias em preparação para a Páscoa. Em todas as Paróquias e Comunidades da Arquidiocese haverá Celebração Litúrgica, à noite, quando se benzem e impõem as cinzas feitas de ramos de palmeiras ou outras árvores, bentos no Domingo de Ramos do ano anterior. Em procissão, os fiéis recebem na fronte um pouco dessas cinzas para expressar o desejo de assumir o processo de conversão que se iniciou no Batismo. O Mons. José Eduardo Meschiatti, Administrador Diocesano de Campinas, presidirá Missa de Cinzas, às 19h30, na Matriz Santa Teresa de Ávila, no Parque Industrial.

No Tempo da Quaresma a Igreja nos convida a fazer um sério exame de consciência, para que tenhamos a oportunidade de, caso estejamos caminhando na direção do mal, fazer uma conversão nesse caminho, em direção ao verdadeiro Caminho, Verdade e Vida, que é Jesus Cristo. Em sua mensagem para a Quaresma deste ano o Papa Francisco diz que a “causa de todo mal é o pecado”. E acrescenta que “trata-se daquele pecado que leva o homem a considerar-se como deus da criação, a sentir-se o seu senhor absoluto e a usá-la, não para o fim querido pelo Criador, mas para interesse próprio em detrimento das criaturas e dos outros”. O Papa diz mais: “O pecado – que habita no coração do homem (cf. Mc 7,20-23), manifestando-se como avidez, ambição desmedida de bem-estar, desinteresse pelo bem dos outros e muitas vezes também do próprio – leva à exploração da criação (pessoas e meio ambiente), movidos por aquela ganância insaciável que considera todo o desejo um direito e que, mais cedo ou mais tarde, acabará por destruir inclusive quem está dominado por ela”. E o Papa nos chama para um novo caminho: “E o caminho rumo à Páscoa chama-nos precisamente a restaurar a nossa fisionomia e o nosso coração de cristãos, através do arrependimento, a conversão e o perdão, para podermos viver toda a riqueza da graça do mistério pascal”.

A Festa da Páscoa acontece, a cada ano, em uma data diferente, já que ela é definida pelo calendário lunar, enquanto nossa sociedade usa o calendário solar. Essa festa era primitivamente um ritual realizado por pastores, celebrado no primeiro domingo após a primeira lua cheia do início do nosso outono (primavera no hemisfério norte). Neste ano de 2019, o outono começa no dia 21 de março e a primeira lua cheia, após essa data, é no dia 19 de abril. Assim, a Páscoa será celebrada no domingo seguinte, dia 21 de abril. A partir da definição da Festa da Páscoa, são marcadas as demais datas, como a Semana Santa, a Quaresma, a Quarta-feira de Cinzas e, também, o Carnaval.


Pesquisa



Veja Também