Paróquia Santa Catarina de Alexandria


Criada em 22 de dezembro de 1956
Pároco: Padre Clodoaldo Rogério Verdin

Rua Januário de Oliveira, 200 - Vila Teixeira
13032-510
- Campinas, SP

(19) 3241.5328

santacatarina@arquidiocesecampinas.com


http://:www.pscatarina.com.br
* Matriz Santa Catarina
Quarta-feira, às 19h30
Domingo, às 10h00 e às 19h00

* Comunidade São Bento
1ª sexta-feira do mês, às 19h30
Domingo, às 08h00

* Comunidade Sant’Ana
Sábado, às 19h00
Atendimento da Secretaria:
Terça a sexta-feira, das 08h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00
Sábado, das 08h00 às 12h00

Atendimento do Padre:
Quarta-feira, às 20h30
Sexta-feira, das 14h00 às 16h00
Sábado, das 08h30 às 11h00

A Paróquia Santa Catarina (Vila Teixeira) foi erigida canonicamente em 22 de dezembro de 1956, por decreto do Bispo da Diocese, Dom Paulo de Tarso Campos. Seu primeiro pároco foi o Pe. Benedito Luiz Pessoto, sendo sucedido pelos Padres Hermínio Bernascone, José Júlio, Aloísio Pereira Pinto, José de Oliveira, Gabriel Lomba Santiago, Mansur Rodrigues Mansur, novamente Pe. Benedito Luiz Pessoto e Padre João Batista Cesário.

Além da Comunidade de Santa Catarina, a Paróquia criou ainda as Comunidades de Sant’Ana (Jardim Miranda) e de São Bento (Jardim São Bento). A paróquia conta com paroquianos participativos na vida cotidiana, com uma catequese bem organizada e uma maioria de paroquianos da Terceira Idade. Os párocos cuidaram da formação das Equipes de Pastoral e dos Conselhos Paroquial e de Administração. Os vicentinos têm uma presença organizada na região, cuidando da distribuição de alimentos e outras necessidades dos mais carentes.

Encontra-se no território da Paróquia de Santa Catarina a Capela de São Bento, gleba que foi de propriedade de Francisco Bento e Ana da Conceição Bento, o qual fez a doação de uma gleba para a construção de uma capela. Esta doação só se efetuou em 1962. O terreno está localizado na Vila Santa Vitória. Após uma campanha no bairro, construiu-se a capela que recebeu como padroeiro “São Bento”, para prestarem homenagem ao antigo proprietário das terras. Em 1988, ergueu-se uma nova Igreja, bem maior e mais confortante, que foi inaugurada às vésperas do 14º Congresso Eucarístico Nacional, em 17 de junho de 2001, sendo novamente pároco o Padre Pessoto. A Capela é de estilo simples, porém muito bem adornada e conservada. O Padre Benedito Pessoto se tornou emérito, permanecendo na paróquia sob os cuidados da arquidiocese e dos paroquianos, até seu falecimento, a 27 de junho de 2007. Depois dele passaram na paróquia o Padre Mansur Rodrigues Mansur, Padre João Batista Cesário, Padre João Augusto Pezzuto e atualmente o Padre João Aparecido Passadori.