Paróquia São Sebastião


Criada em 21 de dezembro 1900
Pároco: Padre Dalmírio Djalma do Amaral
Vigário Paroquial: Padre Rodrigo Catini Flaibam

Rua Padre Manoel Guinaut, 74 - Centro
13270-030 -
- Valinhos, SP

(19) 3871.8882

igreja@paroquiasaosebastiao.com.br


http://paroquiasaosebastiao.com.br/
Segunda-feira e sábado às 19h00
Terça à quinta-feira às 7h00
Sexta-feira às 7h00 e 19h00
Domingo às 7h00, 9h00 e 19h00
Atendimento da Secretaria:
Segunda à sexta-feira das 8h00 às 17h30
Sábado das 8h00 às 12h00

Atendimento do Padre:
Terça-feira das 14h00 às 16h30
Quarta-feira das 9h00 às 12h00
Sábado das 9h00 às 11h30

A Igreja Católica sempre exerceu grande influência e, segundo os registros históricos, desde os tempos das sesmarias, a Igreja exigia do Estado que para as concessões, os sesmeiros tinham que reservar um local para a implantação da freguesia ou paróquia.

Até 1870, Valinhos fazia parte da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Campinas. Foi no ano de 1875 que Valinhos ganhou a sua primeira capela dedicada em honra a Santa Cruz de Cristo, o Curato de Santa Cruz.

Em 1889 Campinas sofre uma grande epidemia de febre amarela e o então padre Francisco Manetta faz uma promessa de que, pelo término da epidemia, seria erguida a primeira Matriz de Valinhos.

O sentimento religioso do povo do pequeno lugarejo era grande. São Sebastião foi o santo escolhido para ser o padroeiro por ter sido um soldado romano e mártir, conhecido como protetor contra a peste, a fome e a guerra e também protetor das criações e rebanhos.

O motivo principal da escolha deste santo foi a proteção que Valinhos recebeu quando da epidemia de febre amarela que atingiu grande parte da população de Campinas.

A iniciativa de tomar esse santo como padroeiro partiu de José Solidário Pedroso, Acácio de Castro, Effren Costato e outros. A partir deste fato, São Sebastião ganhou força e devoção, e com o crescimento do pequeno lugarejo, logo veio a necessidade de ser erigida na localidade, uma igreja.

O local escolhido foi o alto da colina, defronte ao povoado, num terreno doado por Sebastião Solidário Pedroso e irmãos. A população contribuiu, e rapidamente a igreja foi edificada. Em 21 de dezembro de 1900, é criada oficialmente a Paróquia de São Sebastião, substituindo o curato de Santa Cruz, pelo bispo de São Paulo, Dom Antônio Cândido de Alvarenga.

O primeiro vigário nomeado pelo bispo Dom Alvarenga, chegava a Valinhos em 17 de fevereiro de 1901, João Batista César, o primeiro vigário do Distrito de Valinhos.

Valinhos foi a quarta Paroquia da região de Campinas a ser instituída. A primeira foi a Catedral, seguindo-se a Paróquia de Santa Cruz, atualmente Nossa Senhora do Carmo. Posteriormente foi instituída a Paroquia de Sant’Ana atendendo a região de Sousas, e a Paroquia de São Sebastião datada de 21 de dezembro de 1900.