Cônego Carlos Menegazzi †

Cônego Carlos Menegazzi †
Presbítero Emérito da Arquidiocese de Campinas
Vigário Judicial Adjunto do Tribunal Eclesiástico de Campinas
Falecimento: 24 de março de 2014


Data de Nascimento: 09/10/1921
Ordenação Presbiteral: 08/12/1945

Cônego Carlos Menegazzi nasceu no dia 09 de outubro de 1921, em Amparo, SP, filho de Gaudêncio Cezar Menegazzi e Albina Nora Menegazzi. Aos 91 anos de idade, é o Padre mais idoso da Arquidiocese de Campinas e exemplo de vitalidade.

Fez o Curso primário no Grupo Escolar da Vila Industrial, Campinas, de 1929 a 1931; o ginasial e colegial na Escola Apostólica da Congregação dos Missionários do Sagrado Coração de Jesus, em Pirassununga, SP, de 1932 a 1937, e Seminário Diocesano de Campinas, em 1938; Filosofia e Teologia no Seminário Central do Ipiranga, SP, de 1939 a 1945.

Foi ordenado Presbítero no dia 08 de dezembro de 1945, na Catedral de Campinas, por Dom Paulo de Tarso Campos.

Foi Diretor de Estudos e Professor de diversas matérias no Colégio Diocesano Santa Maria, em Campinas, de 1946 a 1952; Diretor Espiritual da Academia São Luiz, da Diocese de Campinas, de 1946 a 1952; Capelão do Asilo Sant’Ana, em Campinas, de 1945 a 1948; Capelão do Carmelo Santa Teresinha, em Campinas, de 1949 a 1952; Professor no Seminário Menor Diocesano, de 1948 a 1951; Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Taquaral, em Campinas, de 1953 a 1956; Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Candelária, em Indaiatuba, SP, de 1956 a 1960; Pároco da Paróquia São Manuel, em Leme, SP, de 1960 a 1963.

Fez o Curso “Por um Mundo Melhor”, com o Padre Ricardo Lombardi, Rocca di Papa, Roma, Itália de 1960 a 1961. Depois, foi Assistente Eclesiástico da Pastoral Rural Diocesana em 1963; Pároco da Paróquia São José, em Mogi Mirim, SP, de 1963 a 1966.

Foi nomeado por Dom Paulode Tarso Campos como Cônego Honorário do Cabido Metropolitano em outubro de 1965. Depois, foi nomeado Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, no Botafogo, em Campinas, onde permaneceu por mais de 30 anos, de 1966 a 1997. Em 13 de julho de 1968 foi nomeado Cônego Catedrático do Cabido Metropolitano de Campinas.

Cônego Carlos é Juiz do Tribunal Eclesiástico Interdiocesano de Campinas desde 1975 e Vigário Judicial Adjunto do mesmo Tribunal desde 1999. Foi Professor da PUC-Campinas, em diversas matérias, de 1968 a 1978. É Diretor Espiritual da Sociedade de São Vicente de Paulo – SSVP, na Arquidiocese de Campinas, desde 08 de junho de 1999; Presidente do Cabido Metropolitano, desde 30 de março de 2000; Presidente do “Fundo Frater” e Membro do Conselho de Presbíteros, desde 03 de julho de 2000.

Cursou, ainda, Licenciatura em Filosofia pela OMEC – Mogi das Cruzes, de 1969 a 1970.

Ao completar 75 anos de idade, renunciou à Paróquia e partiu para Roma, onde fez o Curso de “Prassi e Giurisprudenza Ecclesiastica” (DC) na Pontifícia Universidade Urbaniana em Roma, de 1997 a 1998.

Em 31 de outubro de 2002 recebeu o Título de Cidadão Campineiro outorgado pela Câmara Municipal de Campinas.