Padre Wilson Denadai

Padre Wilson Denadai
Capelão do Carmelo Santa Teresinha (Campinas)
Coordenador do NAS-SCEI-PUC-Campinas


Data de Nascimento: 13/01/1948
Ordenação Diaconal: 15/12/1973
Ordenação Presbiteral: 07/07/1974

+55 19 3343.7426
profpewilson@puc-campinas.edu.br

Padre Wilson Denadai nasceu no dia 13 de janeiro de 1948, em Sumaré, SP, filho de Antonio de Nadai e Ana Vedovatto de Nadai. Cursou o primário no Grupo Escolar Professor André Rodrigues de Alkimin, em Nova Veneza, de 1956 a 1959; o ginasial no Ginásio Estadual, em Sumaré, de 1962 a 1965; Curso Técnico de Contabilidade no Colégio Comercial Municipal “Dr. Leandro Franceschini”, em Sumaré, de 1966 a 1968; Filosofia e Teologia no Seminário São Francisco de Assis, em Nova Veneza, de 1969 a 1974; Licenciatura em Filosofia na Universidade de Mogi das Cruzes, SP, em 1973.

Foi ordenado Presbítero no dia 07 de julho de 1974, na Igreja São Francisco, em Nova Veneza, por Dom Antonio Maria Alves de Siqueira.

Trabalhou como Professor de Filosofia e Assistente de Direção no Colégio Estadual de Nova Odessa, nos anos de 1973 e 1974. Foi Padre Auxiliar da Paróquia São Benedito, de Americana, em 1972; Coadjutor da Igreja Matriz de Mogi Mirim, em 1974; Pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Limeira, SP, de 1974 a 1975; e Vigário Cooperador da Paróquia Sant’Ana, de Sumaré, em 1975.

Em 1976 manifestou seu desejo de entrar para a Congregação dos Frades Menores Capuchinhos. Como Frei Capuchinho foi Vigário Cooperador na Basílica Menor de Nossa Senhora Aparecida, em São José do Rio Preto, SP, de 1976 a 1979; Professor de Introdução à Filosofia e de Psicologia na Província dos Capuchinhos de São Paulo, de 1975 a 1986; Ecônomo Provincial, em 1980; Membro das Secretarias de Economia e de Formação, de 1981 a 1983; Assessor Psicológico aos Seminários, de 1982 a 1986; Vice-Mestre de Noviços, de 1983 a 1984; Superior da Fraternidade de São José Operário, em Americanópolis, SP, de 1984 a 1985. Em 1983 formou-se em Psicologia pela PUC-São Paulo.

Em 1986 decidiu retomar à Arquidiocese de Campinas, solicitando a Incardinação, que foi assinada por Dom Gilberto Pereira Lopes em 1º de março de 1988.

Em Campinas foi Professor da PUC-Campinas nas disciplinas de Psicopatologia Pastoral, em 1986, e de Aconselhamento Pastoral, de 1987 a 1989; Coordenador do Departamento de Teologia Prática na PUC-Campinas, em 1989. Pároco da Quase-Paróquia do Jardim Santa Genebra e da Vila Costa e Silva, em 1987; Capelão do Hospital de Clínicas da UNICAMP, de 1987 a 1996; Pároco das Paróquias Senhor Bom Jesus do Bonfim e Cristo Rei, em Campinas, de 1988 a 1990; Reitor do Seminário da Imaculada, em Campinas, de 1990 a 1993.

Em 1993, foi nomeado novamente como Pároco da Paróquia Cristo Rei, em Campinas. No dia 04 de março de 1997 foi nomeado Vigário Forâneo da Forania Nossa Senhora do Rosário. Permanaceu na Paróquia Cristo Rei até fevereiro de 2002, quando assumiu o cargo de Vice-Reitor Acadêmico da PUC-Campinas.

Em 02 de novembro de 2002 foi eleito Vice-Reitor da PUC-Campinas e em 06 de outubro de 2005 foi nomeado por Dom Bruno Gamberini, em reunião do Conselho Universitário, como Reitor da PUC-Campinas, tomando posse em fevereiro de 2006.

Foi, também, Administrador Paroquial “ad tempus” da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Paulínia, com provisão de 1º de agosto de 2004; Responsável pela jurisdição canônica e delegações na Paróquia Universitária Santo Tomás de Aquino, em 24 de fevereiro de 2005; e, em 10 de junho de 2005, como Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora das Dores, em Campinas.

No dia 05 de janeiro de 2011 foi nomeado Pároco da Paróquia Coração de Maria, em Campinas, onde permaneceu até o dia 31 de janeiro de 2012, quando foi nomeado Capelão do Carmelo Santa Teresinha, em Campinas.